segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Não quero mais ser o Tom pra sempre .-.


Eu queria simplesmente aproveitar mais tudo, sem ter que me preocupar em agradar certas pessoas. Queria não ter que ficar pensando em alguém o dia todo e muito menos em alguém que eu só vi um única vez. Não quero mais me iludir e escrever mil posts sobre alguém que eu mal conheço. Na verdade, não quero escrever nada sobre ninguém e sim sobre minhas próximas aventuras, festas e blá. Mas é algo muito inevitável. Só que com isso eu virei uma página da minha vida e a partir de agora aquele que era o centro dos meus pensamentos foi trocado por um menino que acabei de conhecer. Pelo menos faz parte da minha mente desde quando nos despedimos. Eu não quero pensar mais em ninguém. Não quero achar outra Summer e ser o Tom novamente. Não quero, não posso e muito menos devo.

4 comentários:

Lucy disse...

Cara você só vai ser o Tom se quiser ser. Avante inacessível rainha do Gelo.

Lalá Mendes disse...

Preciso confessar que estou passando por uma situação parecida com a sua. E pra falar a verdade, não me importo. Eu gosto. É divertido.

Bee disse...

Sou a rainha dos amores repentinos, intensos e passageiros xD
Sei muito bem o que esta falando, sonho acordada com pessoas que mal conheço e muitas vezes so faço me iludir. Mas vale a pena pois todos fazem parte da minha historia ^^
Ótimo post! Tbm amoooo a Janis Joplin! *----*
;*

Grande Urso disse...

E ai tudo bom?

Nunca passei por o teu blog antes, e te confesso ser difícil achar blogs bons como o teu. Cumpre o papel do blog: Ser uma espécie de diário, um canal pelo qual você transmite o que se passa contigo para o mundo, no seu caso, um amor repentino. Aproveite, essa é uma das melhores partes: o começo do sentimento, aquelas dúvidas bobas e todo o amor platônico.
É a parte boa. ;D

O Grande Urso

www.ograndeurso.blogspot.com

Postar um comentário

 
↑Top